Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2013

COMO PEIXES QUE NADAM NO OCEANO...Masaharu Taniguchi

COMO PEIXES QUE NADAM NO OCEANO...
[...] É inútil tentar extinguir as trevas da mente com a mente em trevas. Mas basta manifestar a mente repleta de luz para que as trevas da mente desapareçam por si mesmas. Nenhum pensamento além do pensamento de luz (pensamento positivo) tem o poder de eliminar as trevas da mente (pensamentos negativos). Alcançando-se a compreensão de que "as trevas da mente" não existem, elas se extinguem por si mesmas. Alcançando-se a compreensão de que "a doença não existe", ela se extingue por si mesmo. A "mente em ilusão" deseja evitar a doença, enquanto que a "mente que despertou para a Verdade" afirma que a doença não existe. A doença começa a desaparecer a partir do instante em que se compreende claramente que ela não existe. Compreender que a doença pode melhorar ou piorar conforme a atitude mental é valido, porém esse é um ensinamento relativo e dual, e nós não devemos nos deter aí. Contudo, compreender que "a do…

E Agora José?-Drummond grande Poeta

O Espelho de Gandhi

A vida me ensinou que as pessoas são amigáveis, se eu sou amável; que as pessoas são tristes, se estou triste; que todos me querem, se eu os quero; que todos são ruins, se eu os odeio; que há rostos sorridentes, se eu lhes sorrio; que há faces amargas, se eu sou amargo; que o mundo está feliz, se eu estou feliz; que as pessoas ficam com raiva quando eu estou com raiva e que as pessoas são gratas, se eu sou grato. A vida é como um espelho: se você sorri para o espelho, ele sorri de volta. A atitude que eu tome perante a vida é a mesma que a vida vai tomar perante a mim. Quem quer ser amado, ama. O caminho para a felicidade não é reto. Existem curvas chamadas EQUÍVOCOS, existem semáforos chamados AMIGOS, luzes de cautela chamadas FAMÍLIA, e tudo se consegue se tens: um estepe chamado DECISÃO, um motor poderoso chamado AMOR, um bom seguro chamado FÉ, combustível abundante chamado PACIÊNCIA, mas acima de tudo um motorista habilidoso chamado DEUS!"
Grande Gandhi!

Bomba D'água...um aprendizado.

Um homem estava perdido no deserto, prestes a morrer de sede. Eis que ele chegou a uma cabana velha, desmoronando, sem janelas, sem teto. Andou por ali e encontrou uma pequena sombra onde se acomodou, fugindo do calor do soldesértico. Olhando ao redor, viu uma velha bomba de água, bem enferrujada. Ele se arrastou até a bomba, agarrou a manivela e começou a bombear, a bombear, a bombear sem parar. Nada aconteceu. Desapontado, caiu prostrado, para trás. E notou que ao seu lado havia uma velha garrafa. Olhou-a, limpou-a, removendo a sujeira e o pó, e leu um recado que dizia: "Meu Amigo, você precisa primeiro preparar a bomba derramando sobre ela toda água desta garrafa. Depois faça o favor de encher a garrafa outra vez antes de partir, para o próximo viajante." O homem arrancou a rolha da garrafa e, de fato, lá estava a água. A garrafa estava quase cheia de água! De repente, ele se viu num dilema. Se bebesse aquela água, poderia sobreviver. Mas se despejasse toda aquela água na velha bomba e…

Alan Kardec o Educador...documentário

De Quem é o Olhar...Fernando Pessoa

De Quem é o Olhar-de quem é o olhar
Que espreita por meus olhos?
Quando penso que vejo,
Quem continua vendo
Enquanto estou pensando?
Por que caminhos seguem,
Não os meus tristes passos,
Mas a realidade
De eu ter passos comigo ?

Às vezes, na penumbra
Do meu quarto, quando eu
Por mim próprio mesmo
Em alma mal existo,

Toma um outro sentido
Em mim o Universo —
É uma nódoa esbatida
De eu ser consciente sobre
Minha ideia das coisas.

Se acenderem as velas
E não houver apenas
A vaga luz de fora —
Não sei que candeeiro
Aceso onde na rua —
Terei foscos desejos
De nunca haver mais nada
No Universo e na Vida
De que o obscuro momento
Que é minha vida agora!

Um momento afluente
Dum rio sempre a ir
Esquecer-se de ser,
Espaço misterioso
Entre espaços desertos
Cujo sentido é nulo
E sem ser nada a nada.
E assim a hora passa
Metafisicamente.

Fernando Pessoa

A BARBÁRIE ESOTÉRICA.

Não há dúvida de que a palavra “esotérica” já esteve no seu devido lugar, isto é, esteve conotada como o “secreto”, o “interno”, o lado “irrevelado”. Obviamente o termo fazia sentido, pois certos conhecimentos não podem ser recebidos senão por aqueles que, por assim dizer, se esforçaram para abrir suas mentes e trabalharam a expansão do seu ser a partir da compreensão de seus condicionamentos e da triagem pelos caminhos do autoconhecimento. Atualmente o termo esotérico está extremamente desgastado, desfocado de seu autêntico significado, pois se reveste de uma panacéia de correlações com pseudo-misticismos, oráculos milagrosos, energias de pirâmides, sintonias sinistras e tantas outras derivas, que atuam como amortecedores e narcóticos para muitos. É que, em geral, as pessoas preferem continuar se iludindo com “fogos-fatuos” e recusam-se a aprofundar seus estudos sobre a natureza da mente humana e seus possíveis estados de consciência, assim como sobre as possibilidades de sua expansã…

Você quer realmente saber da Realidade??David Icke...

POETAS DE AMANHÃ-Walt Whitman

POETAS DE AMANHÃ: arautos, músicos
cantores de amanhã!
Não é dia de eu me justificar
e dizer ao que vim;
mas vocês, de uma nova geração,
atlética, telúrica, nativa,
maior que qualquer outra conhecida antes
- levantem-se: pois têm de me justificar!

Eu faço apenas escrever
uma ou duas palavras
indicando o futuro!
faço tocar a roda para a frente
apenas um momento
e volto para a sombra
correndo.

Eu sou um homem que, vagando
a esmo, sem de todo parar,
casualmente passa a vista por vocês
e logo desvia o rosto,
deixando assim por conta de vocês
conceituá-lo e prová-lo,
a esperar de vocês
as coisas mais importantes.

(Folhas de relva, 1860)

Biografia -Poeta Vinícius de Moraes!!!

REFLEXÃO-KRISHNAMURTI...

"O dia estava muito quente e úmido. No parque havia muita gente estendida nos gramados ou sentadas no banco,á sombra das árvores copadas; tomavam refrigerantes e arfavam, buscando um pouco de ar puro e fresco...
No recesso das matas  devia-se achar aquele peculiar silêncio em que quase se pode ouvir o nascimento das coisas,e as montanhas , com seus vales profundos deviam estar azuis e cheias de fragrâncias.
Mas aqui na cidade...!
A imaginação perverte o percebimento de o que é; no entanto, como nos orgulhamos  de nossa imaginação  e de nosso especular (de especulação). A mente especulativa ,com seus pensamentos  complicados não é capaz  da transformação  fundamental; não é uma mente revolucionária . Vestiu-se  com o que deveria ser  e está seguindo o padrão  de suas próprias projeções limitadas ,confinantes. O que é bom  não está no que deveria ser , ma na compreensão  do que é.  A  imaginação, tal como a comparação , impede o percebimento do que é . A mente tem de por de lado t…