Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de 2012

Poetão Mario Quintana...

HISTÓRIA ESTRANHA -Luís Fernando Verissimo

Um homem vem caminhando por um parque quando de repente se vê com 

sete anos de idade.

Está com quarenta, quarenta e poucos. 

De repente dá com ele mesmo chutando uma bola perto de um banco onde 

está a sua babá fazendo tricô. 

Não tem a menor dúvida de que é ele mesmo.

Reconhece a sua própria cara, reconhece o banco e a babá. 

Tem uma vaga lembrança daquela cena. 

Um dia ele estava jogando bola no parque quando de repente aproximou-se 

um homem e... 

O homem aproxima-se dele mesmo. Ajoelha-se, põe as mãos nos seus 

ombros e olha nos seus olhos. 

Seus olhos se enchem de lágrimas. 

Sente uma coisa no peito. 

Que coisa é a vida. 

Que coisa pior ainda é o tempo. 

Como eu era inocente. 

Como meus olhos eram limpos. 

O homem tenta dizer alguma coisa, mas não encontra o que dizer. 

Apenas abraça a si mesmo, longamente. 

Depois sai caminhando, chorando, sem olhar pra trás.


O garoto fica olhando para a sua figura que se afasta. 

Também se reconheceu. 

E fica pensando, aborrecido: quanto eu tiver quarenta, quarenta …

VIVER NÃO TEM REMÉDIO.

Para tudo tem remédio. Quem, na infância, não ouviu essa frase da boca de um parente mais velho, de um avô, de uma avó? Habitualmente, terminava pela expressão “meu filho”, acentuando a característica de afago carinhoso da frase:             - Para tudo tem remédio, meu filho.             Entendíamos que era um consolo pelas dificuldades que enfrentávamos e que só o sábio tempo saberia cicatrizar as marcas das feridas que, aos olhos de hoje, nos trazem um sorriso condescendente: a bola furada, a bicicleta batida, a viagem perdida.             A época atual, marcada por uma forte ideologia bitologizante, quer transformar esse carinho em verdade científica. Tomando a sério a expressão “para tudo tem remédio”, querem nos levar a concluir que todo problema é doença, pois é doença aquilo que se trata com remédio.             Surgem livrinhos para ensinar as pessoas a se autodiagnosticar. São amplamente difundidos em serviços de saúde. Ensinam, por exemplo, a detectar a depressão. Trazem uma li…

Maria Bethânia - Oração ao Tempo (DVD Tempo Tempo Tempo Tempo)

TEXTO -Tempos Atuais e Reflexões...LIVRO-Introdução ao Pensamento Mágico

"Perdoai-lhes pai eles não sabem o que fazem"

Vivemos num mundo e numa era  em que mil filosofias e mil religiões procuram oferecer ao ser humano as diretrizes para as suas ações  e aspirações.Aliás, desde que o homem apareceu, ou melhor , desde que o homem conquistou a autoconsciência,que ele careceu dos princípios religiosos para que a vida em sociedade se tornasse possível .Sem os elementos essenciais  da ética apoiada no mistério,jamais teria sido possível a organização das famílias e consequentemente ,dos povos..entretanto,esses princípios  em nada poderia concorrer como acontece atualmente -para a obra anti -fraternal. Não,não é um paradoxo!-religiões que se opõem violentamente à justiça social ,que dão apoio à cosmovisão materialista da nossa cultura, não dando atenção ou antes,hostilizando todas as conquistas  realizadas no campo da Metafísica  e da Parapsicologia, religiões que endossam o ódio e nada fazem diante das misérias humanas, em nada podem concorrer para o …

Educar para a Vida - Educacao em Valores Humanos - Brasil

DEPRESSÃO- VEJA O QUE DIZ FACUNDO CABRAL...

A porta do lado por Dráuzio Varela

Será que nada dá errado pra eles? Dá aos montes. Só que, para
 eles, entrar pela porta do lado, uma vez ou outra, não faz a menor
 diferença.
  O que não falta neste mundo é gente que se acha o último
 biscoito do pacote. Que "audácia" contrariá-los! São aqueles que nunca
 ouviram falar em saídas de emergência: fincam o pé, compram briga
e não deixam barato.
   Alguém aí falou em complexo de perseguição? Justamente.
O mundo versus eles.
   Eu entro muito pela outra porta, e às vezes saio por ela também.
 É incômodo, tem um freio de mão no meio do caminho, mas é um problema
 solúvel. E como esse, a maioria dos nossos problemões podem ser
 resolvidos assim, rapidinho. Basta um telefonema, um e-mail, um pedido
 de desculpas, um deixar barato.
  Eu ando deixando de graça... Pra ser sincero, vinte e quatro
 horas têm sido pouco prá tudo o que eu tenho que fazer, então não vou
 perder ainda mais tempo ficando mal-humorado.
 Se eu procurar, vou encontrar dezenas de situaç…

Nassim Haramein - A Flor da Vida

TEDxDaLuz - Robert Happé - Servindo a onda da luz

A Maior Flor do Mundo | José Saramago

Fritjof Capra físico ,ambientalista, escritor do Ponto de Mutação...-Entrevista

Lou Marinoff...Entrevista...

Leia um trecho de sua entrevista à Tania Menai, em julho de 2005.

Filosofia de consultório
O autor Lou Marinoff diz que a ciência deixou as pessoas mimadas e sugere o pensamento filosófico como alternativa às drogas no combate de problemas psicológicos

Por Tania Menai, de Nova York

Antes de engolir uma pílula para acalmar os nervos, olhe no espelho e pergunte-se: "Por que existo?", "Afinal, o que é correto?". Filosofar em plena crise pode parecer coisa de louco, mas filósofos acreditam que esse é o primeiro passo para resolver nossos problemas e avaliar o que realmente queremos da vida. Para eles, saber usar idéias pensadas e repensadas por milênios pode ser o melhor remédio para os grandes dilemas atuais - nenhum problema é novo, alguém já passou por ele. Por isso, cada vez mais pessoas estão deixando seus divãs freudianos e buscando respostas de filósofos que as guiem pelos ensinamentos de Aristóteles, Maimônedes ou Platão. Autor do best seller mundial Mais Platã…

Principio do Vazio JosephNewton fotos

DEUS, SEGUNDO SPINOZA...Palavras do século XVII...

Baruch Spinoza - nascido em 1632, em
Amsterdã, falecido em Haia, em 21 de fevereiro de 1677, foi um dos
grandes racionalistas do século XVII dentro da chamada Filosofia
Moderna, juntamente com René Descartes e Gottfried Leibniz. Era de
família judaica portuguesa e é considerado o fundador do criticismo
bíblico moderno. Acredite, essas palavras foram ditas em pleno Século XVII.
Continuam verdadeiras e atuais até a data de hoje. ===============
“Pára de ficar rezando e batendo o peito! O que eu quero que faças é
que saias pelo mundo e desfrutes de tua vida.
Eu quero que gozes, cantes, te divirtas e que desfrutes de tudo o que
Eu fiz para ti.
Pára de ir a esses templos lúgubres, obscuros e frios que tu mesmo
construíste e que acreditas ser a minha casa.
Minha casa está nas montanhas, nos bosques, nos rios, nos lagos, nas
praias. Aí é onde Eu vivo e aí expresso meu amor por ti.
 Pára de me culpar da tua vida miserável: Eu nunca te disse que há
algo mau em ti ou que eras um pecador, ou que t…