domingo, 22 de abril de 2018

Sobre trabalhar o Divino em nós.




Alma das Coisas
Publicado por Aída Tovar15 de março
Sobre trabalhar o divino em nós:
Muitas pessoas leem muito sobre religião, espiritualidade,o evangelho,a Bíblia ,livros de auto-ajuda,livros que trabalham o ser interno, mas é preciso saber interpretar o que é lido porque senão apenas ficará repetindo o que outras pessoas falam sem refletir ,sem pensar,sem entender nada.Então eu acho o Sermão da Montanha uma passagem linda e explicada pelo autor Huberto Rhoden é uma sensação...olha aí uma boa ferramenta para trabalhar o nosso ser interno...dá uma olhada nesses trechos ...vale a pena aclara e é lindo .
*"Bem aventurados os pobres pelo espírito"-
Essa afirmação é as vezes confusa , como devemos ser pobres pelo espírito se buscamos a evolução espiritual, é o entendimento necessário é que muita vezes falta, a compreensão verdadeira da afirmação veja como fica claro com essa explicação.Atenção: Os pobres pelo espírito ou seja pobres segundo o espírito, ou seja desapegados dos bens terrenos não pela força compulsória das circunstâncias, mas pela espontaneidade da renuncia .Não há nada demais em ser rico e nem em ser pobre há virtude alguma .A liberdade interna é que faz a diferença- é preciso saber que todo o problema é saber ultrapassar a fraqueza e a insegurança do Ego e entrar na força e segurança do Eu.
*Bem- aventurado os mansos"-
Compreenda, esse manso a qual o mestre se refere é o homem que encontrou o seu eu divino e que é necessariamente manso.Isto é ele substitui toda forma de violência, física ou mental pela força do espírito.Afasta a violência do campo astral, de magias buscadas no dia a dia, não corre atrás de efeitos ilusórios.O seu poder é interno, de seu forte espírito, é a força da suavidade . A simpatia é uma emanação dessa força unida com a verdade e o amor
"Bem aventurado os misericordiosos"
São as pessoas que amam e compreendem o próximo com suas fraquezas, ignorâncias, doenças e confusões.E então procura aliviar os sofrimentos, trazer luz aos pensamentos, fortalecer os espíritos.O homem do mundo na maioria é demasiado social, o místico é silenciosamente solitário mas o crístico é dinamicamente solidário, ajuda sempre o outro com ações, bens, palavras enfim com o que dispor.Ser bom é diferente de fazer o bem, alguém pode fazer bem sem ser uma pessoa boa.Quem espera recompensa pelo bem praticado é egoísta, mesmo que espere reconhecimento ou gratidão.O homem crístico está livre de qualquer espírito mercenário, trabalha por amor, com alegria.Ele é indiferente aos vivas ou vaias.
"Bem aventurados os tristes"
Não significa que tenhamos que estar a todo momento tristes, não é isso.A pessoa que tem a consciência reta e sincera e que está em busca de algo real e verdadeira com certeza é profundamente alegre, calmo, feliz mas externamente lhe acontecem coisas que o entristecem. Ao observar o mundo e as pessoas que vivem nele e suas atitudes sem nenhuma cristificação, ou seja sem nenhum amor ao próximo, ações com violência, com desrespeito, sem ética e todo tipo de barbaridade tudo isso entristece essa pessoa que mesmo equilibrada em seu interno fica indignada com o ser que habita esse planeta sem a menor noção do que seja a vida real.
"Vós sois a luz do mundo"
A vida do homem cósmico é pura como a luz na sua solidão mística- e é fecunda como a luz, na sua solidão crística
Brilhe diante dos homens a vossa luz!!!
"Contemplai os lírios do campo como crescem"...
Fonte -Livro
O Quinto Evangelho-(Huberto Rhoden)

terça-feira, 20 de março de 2018

Despertar

Sobre despertamento:
Em um certo dia caminhando pela rua observei uma pessoa que vinha em minha direção e percebi que ela estava caminhando de maneira mecânica demais ,parecia um robô pensei comigo ela está em sono,adormecida, que sensação estranha tive,porque ela estava com os olhos abertos e se movimentando mas caminhava mergulhada em alguma coisa que era fora daquele momento,e fiquei observando e pensei:Se eu pudesse ver essa pessoa caminhar assim por mais tempo com certeza logo eu poderia ver os sonhos e os desejos dela,mas ela apenas passou,mas em seguida vieram outras pessoas que estavam envoltas na mesma condição e então eu me senti estranha é como se eu estivesse fora de contexto onde todos pareciam dormir e agiam tão mecanicamente que era assustador...com tudo isso nessa experiencia compreendi que todos nós podemos ficar mais atentos e ver o mundo como habitualmente não vemos é essa a sensação de consciência plena dentro da existência e essa sensação durou algum tempo,o suficiente para comprovar que há sim estados de mais despertamento onde conseguimos ver o mundo mais real do que apenas esse em que ficamos inseridos e agindo como máquinas,respondendo apenas a estímulos externos,sobrevivendo.
Eu lembrei naquele momento e não foi muito tempo,lembrei quem eu era de verdade.
E que para isso acontecer é preciso um trabalho com muita atenção para não adormecer...É preciso um trabalho para que sempre saiba quem é você de verdade.
Nesse dia eu percebi com clareza,e quero sempre saber quem eu sou e tem dias que essa sensação é intensa, em outros dias está enfraquecida e em outros nem vejo os adormecidos porque com certeza eu mesma mergulhei em sono também.
Por isso a importância do "Orai e Vigiai"
Aída Továr.

sexta-feira, 16 de março de 2018

Espírito









Sobre Espírito:
Em uma definição mais ampla,espírito é a contraparte imaterial do Universo.De impossível definição intelectual,pois pode gerar conceitos confusos e por vezes absurdos como por exemplo "É o nada que no entanto é o tudo";é possível no entanto de ser percebido com clareza pela intuição que não se preocupa em verbalizar a percepção,se contentando em apenas sentir essa realidade que é tão grandiosa mas que é tão descartada pelos que não compreendem ainda as possibilidades cósmicas.
Quando se tenta definir o espírito individualizado o conhecido EU SOU ,ou ainda a Centelha Divina em linguagem religiosa que é colocada como a razão de ser de todos ,é as vezes gerado aí uma certa confusão conceitual sobre espírito e alma, acham que é a mesma coisa ,mas há uma diferença que vamos tentar explicar.O Espírito é verdadeiramente imaterial e constitui o aspecto não diferenciado do SER que relativamente à sua co-participação com o que é cósmico em essência.
A denominada ALMA é um conjunto dos vários corpos que nos constituem(por estudos são considerados 7 vamos explicar 3 como exemplo)
1-Corpo Físico-Veículo Material
2-Duplo-etérico-Ainda físico em estado energético sutil
3-Corpo astral( ou perispírito na linguagem espírita) e corpo mental-Constituídos de matérias aos seus planos correspondentes,as quais ,praticamente ocupam o mesmo espaço do corpo físico separados apenas não no sentido de distancia mas sim de frequência vibratória (conhecida 5º dimensão)
Tema complexo,o texto explana um pouco apenas,é preciso aprofundar nos estudo quem quiser saber mais,há boas leituras no campo espiritualista.

domingo, 11 de março de 2018

Sobre Autoconhecimento:
Penso que é uma das coisas mais importantes que o ser pode desenvolver em sua vida.Autoconhecimento é meditação de instante a instante,é atenção.É aprender a ver e a ouvir.
Meditação é  forma mais perfeita de oração,é uma oração sincera que não pede ajuda externa e sim a compreensão interna.
Autoconhecimento é espiritualidade,pois o homem espiritualizado não é o que repete palavras e muito menos os que ficam defendendo  doutrinas.

POSTAGEM EM DESTAQUE

Krishnamurti-Conhecimento com Essência Real