Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2010

UM RECADO ESPETACULAR...!!! PARA REFLETIR...

UMA DIGRESSÃO TRANSCENDENTAL.

A luta dos povos...discórdia,incompreensão...
Homem contra homem, desamor...exploração...
Quais os reiais motivos de um sertão pobre
Não admitir amor ou razão que o dobre?
Por que não para a injustiça nessa Terra
E a violência,na expansão,virando guerra?
De que valeu a luz do verbo Universal
Manifestada em Jesus Cristo,tão real?
O esforço de Sidharta: Buda-O iluminado
Dizendo ao Homem a essência do sagrado?
São Francisco,Ramakrishna,Mestre Mória
Ou Krishnamurti criticando a história?
 Não valeu!...O Homem ser condicionado
Não se conhece e portanto é condenado
 A nunca assimilar qualquer verdade
Que contrarie a sua estúpida vaidade.
No máximo o que abraça é um fanatismo
Que mais incha o seu tonto egocentrismo.
Porque o homem sempre acha a "luz contrária"
Que faz a alma à harmonia,refratária?
Tentemos pois uma real "psicosofia"
Singularmente sob a forma de poesia,
Uma atrevida "experiência brasileira"
De alguém liberto porque trabalhou a eira:
"O …

DESPERTAMENTO!!!!

Há realmente homens despertos e homens adormecidos.Aqueles constituem uma ínfima minoria e além do mais,são quase todos anônimos e as vezes ,até inconscientes de seu estado de vigília.
Homens dormindo e homens acordados!
Aparentemente simples,aparentemente claro,porém existe um enigma.Afinal:Quem somos nós?Que é fundamentalmente o ser humano,considerado como um "EU"?
Essa coisa que pensa,sente,sofre,goza,sonha,duvida,crê,ama,odeia?
Nada mais nada menos que "um processo"contínuo de acumulação *mnemônica.
Deixemos aqui o aparentemente óbvio e procuremos compreender que somos,no dia de hoje,tudo o que aconteceu nos dias passados.Psícologia elementar "man non tropo".
Nossa maneira de ser não é mais do que a resultante dos acontecimentos transformados em memória,quer no nível consciente quer no inconsciente.
Dizemos que adotamos princípios, fórmulas ou crenças porque passaram pelo crivo da nossa razão.Que razão?"Nossas razões", evidentemente,são noss…